Ads Top

Eunápolis – Reviravolta na política tem Neto apoiando Cordélia



O antes pré-candidato a prefeito de Eunápolis, Neto Carletto (PP), numa guinada espetacular promove uma virada fenomenal na história política eunapolitana, desistindo da sua pré-candidatura para apoiar incondicionalmente a pré-candidata Cordélia Torres (DEM).

A convenção do Partido Progressista aconteceu na tarde desta sexta-feira, 11/09/2020, num espaço ligado à uma concessionária de motos, na Rua Castro Alves, centro de Eunápolis.

No local estavam reunidos a cúpula e os pré-candidatos do partido, a imprensa em massa e muitas figuras públicas

A pré-candidata Cordélia Torres e o ex-prefeito de Eunápolis e ex-deputado Paulo Dapé, levaram junto o Deputado Federal Elmar Nascimento, que representa uma poderosa aliança que irá beneficiar em muito a cidade. Elmar Nascimento assume na próxima semana, no Congresso Nacional, a presidência da Comissão Mista Orçamentária.

A atitude de Neto, a princípio inesperada, foi compreendida por todos. A maioria dos seus apoiadores sabem que Neto é um jovem inteligente e percebem muito bem que a atitude dele estabelece uma forte coesão em benefício de Eunápolis e região. Todos sairão ganhando com essa aliança.


Com o apoio do jovem Neto Carletto e seu grupo político, Cordélia ganha reforço no time de pré-candidatos a vereadores. Com essas 26 novas adesões, Cordélia passa a contar agora com um time de 208 pré-candidatos, a maior força de oposição em Eunápolis, uma verdadeira máquina esmagadora.



A cada dia Cordélia se fortalece mais, pra desespero do já desgastado e rejeitado Robério Oliveira. As mudanças tão almejadas pela população, estão acontecendo, pra melhoria e crescimento de Eunápolis, uma bela cidade no extremo sul da Bahia, ponto de referência para toda uma região.


No seu discurso, Cordélia agradece ao PP, a Neto Carleto e seu grupo por essa aliança. “Quem ganha com tudo isso é Eunápolis e região. Eu quero ser uma ponte entre o poder e o povo. O meu gabinete não será entre quatro paredes, será ouvindo o povo e suas necessidades.” Ela continua dizendo: “Eu quero ser uma ponte entre Eunápolis e o extremo-sul para que possamos dizer em tom bem alto: Eunápolis nasceu pra ser grande e agora é grande.”

As cartas estão sendo postas e o povo vai decidir pelo novo ou pela permanência de um poder retrógrado que vem destruindo a imagem e os sonhos dos eunapolitanos.



FOTOS: ASCON/NILDO

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.