Ads Top

Prefeitura de Eunápolis assina convênio de auxílio ao SOS Vida

 



Na tarde da última quinta, 25, a Prefeitura de Eunápolis assinou convênio de auxílio com a Casa de Recuperação Nutricional SOS Vida. A parceria pretende atender às necessidades do local, ajudando também no funcionamento daquela instituição.



Presidida pela freira Terezinha de Biasi, a entidade completa 27 anos, em 2021, e está localizada na Avenida Paulo Afonso, 500, no bairro Juca Rosa. Respeitada organização da sociedade civil do município, a SOS Vida realiza o acolhimento e recuperação nutricional de crianças de zero a seis anos de idade que estão sob medidas protetivas e em situação de risco, num importante trabalho de apoio à Vara da Infância e da Juventude.



Não só o apoio do município, mas o próprio cidadão deve fazer parte dessa corrente do bem, já que a SOS Vida aceita doações de pessoas físicas e jurídicas, afirmou a prefeita Cordélia Torres. “É um trabalho nobre de funcionários e voluntários em nome dos pequeninos eunapolitanos”, complementou.



Sucom – Prefeitura de Eunápolis.




2 comentários:

  1. Somente para lembrar ....Meu nome é Ricardo Neves Alcântara Técnico de Enfermagem UTI covid , tem muitas pessoas perguntando o que aconteceu ....vou esclarecer !!! estou com depressão e síndrome do panico!!! afastado do trabalho !!! depois de pegar covid duas vezes também. A Enfermagem Paulistana, o atual governador vetou às 30h/sem para os profissionais da enfermagem!
    ��Governador use o dinheiro que recebeu para conter a Pandemia e pague os profissionais da enfermagem, é justo e merecido!����‍♀️A enfermagem chora.
    Chora por estar adoecendo.
    Chora por estar perdendo soldados na guerra.
    Chora de tristeza por ver amigos e parceiros de trabalho doentes e nada poder fazer.
    Chora pelo descaso com nossa classe, que faz o impossível pela saúde do próximo.
    A sensação de impotência diante de tudo o que estamos passando é o pior sentimento.
    Nos sentimos enxugando gelo, dando murro em ponta de faca.
    Mas eu creio que dias melhores virão.
    ��Obs: A enfermagem do Brasil foi a que mais teve óbito quando comparado a outros países��
    Está cansada, doente, etc... Não tem como não se emocionar!!! �� Toda essa situação de pessoas morrendo apesar do trabalho exaustivo dos profissionais da saúde (todos eles: técnicos de enfermagem, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos, profissionais da limpeza, copa, psicologia, médicos, atendentes, pessoal da manutenção e administração). Além do risco iminente de um familiar ou pessoa querida se contaminar ou ficar doente por qualquer causa e não ter atendimento digno (faltam leitos, faltam medicamentos, faltam espaços, faltam pessoas) deixa qualquer profissional da saúde muito triste, especialmente os que estão na linha de frente. Tenho um filho (Victor de 6 anos) e frequentemente ele me pergunta porque vc está com essa cara triste. Ele entende um pouco o mal que o coronavírus esta causando. Ao mesmo tempo, não tem tristeza que resista aos gritos de papai, ao sorriso, ao abraço e ao beijo do filho quando chego em casa.O processo de trabalho deve ser analisado com atenção e cuidado em todas as categorias, entre elas esta a nossa , a saúde do trabalhador de enfermagem. A enfermagem é o ato de cuidar, zelar e dedicar ao outro , esse cuidado é realizado de uma forma holística do ser humano, se estendendo a todos que necessitam de cuidados inclusive aos familiares. #enfermagem #COVID2019 #covid19brasil
    #saudepublica #saopaulo #enfermagemalémdosaplausos
    Considero a enfermagem um dom no qual muitas vezes nos entregamos e cuidamos tanto dos outros que acabamos esquecendo de cuidar da nossa saúde seja ela física ou mental. As longas jornadas de trabalho, os plantões noturnos são exemplos de modalidades de trabalho exercidos por nós Técnicos de Enfermagem. A alta responsabilidade e cobrança de sempre dar o melhor por cuidar da vida do outro é constante na nossa profissão.
    Esses fatores tem contribuído para o desenvolvimento de distúrbios musculoesqueléticos, hipertensão arterial, acidentes de trabalho, problemas cardiovasculares, obesidade(cooperando para o surgimento de doenças). Esses profissionais muitas vezes com a sobrecarga de trabalho não praticam uma atividade física, não investem no lazer, torna-se distante da família o que vai gerando uma carga grande de estresse o tornando doente e acarretando muitas vezes em afastamento do trabalho. Ele direciona maior parte ao trabalho, deixando sua vida pessoal em segundo plano, sem perceber o prejuízo que esta causando a si mesmo e a família. Há outro perfil de profissional, e por medo de perder esse trabalho muitas vezes se fazem “de fortes”, escondendo muitas vezes que também precisam ser cuidados.tecnico de enfermagem doente depois de trabalhar no covid http://vaka.me/1932857?utm_campaign=whatsapp&utm_medium=website&utm_content=1932857&utm_source=social-shares http://vaka.me/1932857?utm_campaign=whatsapp&utm_medium=website&utm_content=1932857&utm_source=social-shares

    ResponderExcluir
  2. Sou Eunápolitano!!!! parabéns pelos incentivos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.