Ads Top

Bolsonaro faz pressão pela isenção de pedágio para motociclistas

 



O presidente Jair Bolsonaro determinou que as concessões rodoviárias em preparo isentem motociclistas do pagamento de pedágios, e o Ministério da Infraestrutura agora prevê que outras categorias possam recorrer até à Justiça para conseguir o mesmo tratamento. A informação foi publicada pelo jornal Folha de São Paulo.

 

Estudos preliminares do ministério indicam que a perda de receita gerada com o afago dado pelo presidente, segundo a publicação, será inferior a 1% ao ano, valor que deverá ser repassado para motoristas de veículos e caminhões. Antiga promessa de Bolsonaro, a isenção foi anunciada pelo presidente em sua página em uma rede social após ter participado de uma passeata com apoiadores de motocicletas neste domingo (23/5), no Rio de Janeiro.

 

Ainda de acordo com a Folha, a atitude é mais um aceno do presidente, que vem baixado medidas em favor de setores que o apoiam mirando sua reeleição. Bolsonaro já agradou militares, policiais e caminhoneiros que, recentemente, ganharam um pacote de benesses.

 

Apesar do baixo impacto financeiro, desta vez a área técnica da pasta comandada por Tarcísio de Freitas se posicionou contra. O ministro é um dos preferidos de Bolsonaro, que já sinalizou a intenção de lançá-lo ao governo de São Paulo.

 

Com a isenção, a preocupação do ministério é que outras categorias possam recorrer à Justiça em busca de isonomia. Dentre elas estão veículos médicos, funerários, motoristas de aplicativos, como Uber, e carros oficiais.

 

FONTE/IMAGEM: ARATUON


 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.