Ads Top

Protesto em Salvador - Família e vizinhos acusam PMs de balear jovem matando seu bebê

 


Moradores protestam na BA-528 após ação policial que terminou com gestante baleada e morte de bebê


Por volta das 16:30 hs desta segunda-feira, 17/05/2021, a gestante Jucilene Santana Juriti, de 26 anos, brincava com seus filhos e conversava com vizinhos na porta de casa, quando foi baleada com três tiros desferidos pela polícia. Um dos tiros atingiu o abdômen  fazendo ela perder o seu bebê. Ela está internada em estado grave.


Foto: Reprodução

De acordo moradores da comunidade Mariango, não havia nenhuma confusão no local, mas os policiais já entraram na rua atirando. Ja a Polícia Militar alega que houve confronto com bandidos.

 

Foto: Reprodução

Abalado, o marido dela e pai das crianças pediu uma posição da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). A família exige o afastamento imediato dos policiais envolvidos e que sejam julgados.

 

Moradores do bairro de São Tomé de Paripe protestaram na manhã desta terça-feira (18), na BA-528, conhecida como Estrada do Derba, contra a ação desastrada da polícia.


Foto: Rildo de Jesus / TV Bahia

A vítima está internada em estado grave no Hospital do Subúrbio, onde precisou fazer uma cirurgia de emergência para tirar o bebê que morreu no ventre.

 

PM alega troca de tiros

Por meio de nota, a PM informou que uma equipe da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) estivaram na Rua Adilson Ferreira, quando se deparou com suspeitos armados, que teriam disparado contra os policiais.

 

A PM narra ainda que houve um revide e que, durante a fuga, os suspeitos invadiram residências. Durante essa troca de tiros, a gestante foi baleada. A PM informa ainda que ela foi socorrida pelos próprios policiais para o hospital.

 

A Polícia Militar detalhou também que uma pistola foi encontrada no fundo de um dos imóveis, e que o caso é apurado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde a ocorrência foi registrada e a arma apresentada.

 

A PM não informou se o caso foi registrado também na Corregedoria Geral da corporação, mas disse que, a partir do resultado da perícia na arma encontrada, adotará as medidas cabíveis.

 

Fonte: G1-GLOBO

 


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.