Ads Top

Vídeo – Apontado por estupro de vulnerável, jovem teve os braços quebrados por um “tribunal do crime”, no interior da Bahia

 



Um caso de suposto estupro de vulnerável veio à tona na última semana, quando uma menina de 12 anos de idade, moradora do bairro Parque da Renovação, inconformada com o término de namoro, relatou à família que havia mantido relações sexuais com o suposto namorado, Luiz Henrique Santos de Jesus, de 26 anos de idade, também morador do mesmo bairro. Relações sexuais, com menores de 14 anos, mesmo consesuais, são consideradas como estupro de vulnerável.

 

Luiz não foi acusado formalmente, mesmo assim o caso repercutiu no bairro, motivo pelo qual, bandidos decidiram formar um “tribunal do crime”, prática proibida por lei (é claro).

 

Na noite de sábado, 21/08/2021, Luiz foi capturado traficantes locais e levado para um matagal, onde foi torturado e teve os braços quebrados a pauladas. Os próprios algozes fizeram as imagens em fotos e em vídeo e jogaram em grupos de WhatsApp, mostrando a violenta tortura. 


Luiz foi socorrido por populares ao Hospital Regional de Eunápolis, onde passa por tratamento.

 

Segundo um site local, familiares desmentem a versão de estupro. A polícia investiga o caso e a identificação dos agressores não será difícil, já que um deles aparece claramente no vídeo.

 


ATENÇÃO:

Apesar das imagens borradas, o vídeo abaixo não é recomendado para menores de idade ou pessoas psicologicamente sensíveis:





Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.