Ads Top

Eunápolis - O império dos Oliveira caiu! Cordélia é eleita primeira prefeita da cidade

 


O império dos oliveira, que há 16 anos nasceu, cresceu e sobreviveu, enfim, caiu por terra.   


O povo de Eunápolis, que assistia a essa agonia, que as vezes tentava tirar a mordaça mostrando sua indignação, enfim se uniu e se revoltou contra esse império do mal que vinha atropelando tudo à sua frente, conseguiu finalmente dar uma basta e recomeçar a sua história, a partir desse domingo 15/11/2020.

 

O atual prefeito que se via às voltas com inúmeras denúncias e incontáveis processos, se equilibrava numa corda bamba, sabendo que a qualquer momento poderia cair, e caiu.

 

A revolta popular foi proclamada desde que a Polícia Federal mostrou ao Brasil um esquema podre de licitações fraudulentas, onde empresas de membros de uma mesma família (Oliveira) se revezavam para obter lucros milionários. As operações Fraternos e Gênesis mostraram ao povo o horror dessa bandalheira inescrupulosa.

 

O prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, sua esposa prefeita de Porto Seguro, Claudia Oliveira, o primo dela, prefeito de Santa Cruz Cabrália, foram expostos ao mundo pelas suas ações indignas. Claudia ganhou fama na internet por causa de um certo "agulhão", em referência a uma ponte que a mesma prometeu fazer, dizendo que gastaria 2 bilhões e ficaria com 1 bilhão. ("Um bilhão eu fico", disse em vídeo). 


Após ações da Polícia Federal, eles seriam presos, mas não foram encontrados. Foram depostos dos cargos e meses depois voltaram ao poder através de liminares. Segundo o que se ouvia nas ruas, a derrota do grupo era apenas questão de tempo.

 

A principal adversária dos fraternos, Cordélia Torres (DEM), vinha crescendo na preferência popular desde outras eleições. Quando concorreu para deputado, por exemplo, Cordélia teve mais votos que todos os adversários juntos e teve o dobro dos votos da filha do prefeito.

 

Aos poucos, caminhando pelas ruas, ouvindo os apelos populares, vendo e conhecendo de perto os problemas de Eunápolis, ela juntou forças com antigos adversários políticos, formando a maior força opositora da Bahia, na corrida contra o mal, e venceu.

 

A guerreira Cordélia Torres, filha de um vendedor de laranjas e de uma costureira, mostrou finalmente a que veio, vencendo uma guerra contra poderosos, numa luta desigual, numa luta que retratava fielmente a folclórica batalha entre o elefante e a formiga.

 

O prefeito Robério tinha poder financeiro, tinha a máquina pública a seu favor, mas não tinha mais o amor do povo. Robério Oliveira acabou de sofrer uma vergonhosa derrota nas urnas. Neste momento, a sua história foi fragmentada e jogada ao vento, como folhas secas.

 

Cordélia Torres quebrou os grilhões do mal. Como a primeira prefeita eleita de Eunápolis, ela começará uma nova história. Tudo o que os eunapolitanos esperam dela, é a recuperação da auto-estima do seu povo, com um governo voltado para o social, geração de empregos, recuperação da saúde, fortalecimento da educação, e que, principalmente, não repita erros de prefeitos do passado.



 

 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.