Ads Top

“Kit intubação”: medicamentos importados da China podem colocar pacientes em risco

 



Medicamentos do chamado “kit intubação” foram enviados da China ao governo brasileiro com bulas, rótulos e embalagens em mandarim. Agora, entidades de saúde correm contra o tempo e pedem a tradução para o português. Como os medicamentos estão sendo distribuídos aos hospitais, os profissionais que os manuseiam podem se confundir e colocar pacientes em risco.

 ACESSE TAMBÉM: Câmera flagra pastor atacando menina de 14 anos

Com a elevada taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com pacientes de Covid-19, medicamentos como sedativos, neurobloqueadores musculares e analgésicos opioides começaram a faltar no estoque de algumas unidades de saúde. Diante da situação, um grupo de empresários doou 2,3 milhões de medicamentos do “kit intubação” vindos da China ao Ministério da Saúde.

 ACESSE TAMBÉM: Influenciadora se arrepende de cirurgia na bochecha

O primeiro lo te chegou na semana passada, uma parte do total de 3,4 milhões que deve chegar ao país até o fim do mês de abril. Os medicamentos devem ser usados em 500 leitos pelo período de um mês e meio, segundo informações da Vale, que organizou a doação.

 

FONTE/IMAGEM: A TARDE


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.